Um óleo todo poderoso

Há muito que os óleos invadiram a minha rotina diária, diria mesmo que é uma das minhas texturas favoritas: para hidratar o corpo, para aplicar nas pontas do cabelo e até para o rosto – sim, não há razão para temer, sobretudo se têm a pele mista/oleosa como eu.

De há uns tempos para cá tenho usado o Bio-Oil que já usava como hidratante de corpo e passei a usar também no rosto. No início um pouco a medo (lá está, por ter a pele oleosa) mas depois de ler sobre o assunto apliquei durante uma semana como teste, de manhã e à noite. Ao sentir os benefícios (e perceber que afinal era rapidamente absorvido) passei a usar todos os dias. Não é que resulta mesmo?

Para quem não sabe (e esta é uma informação que inclusivamente confirmei com o meu dermatologista), a pele produz óleo a mais porque muitas vezes está seca, estranho não é? Mas é a forma como ela reage, sobretudo para se proteger embora muitas vezes de forma desequilibrada, produzindo óleo em excesso, daí surgirem os brilhos, as borbulhas… é aqui que o Bio-Oil entra em acção.

Ao adicionarem um óleo de rosto à vossa rotina (no meu caso passei a aplicar depois do creme de dia/noite) estão não só a criar uma barreira de protecção (como forma de selar o creme na pele), mas também a ajudar a equilibrar o excesso de brilho que a pele produz naturalmente. Ao estar mais hidratada, não irá produzir tanta oleosidade ao longo do dia.

Para além disso, e falando em específico deste produto que estou a usar – a fórmula de Bio-Oil é muito rica e nutritiva, composta por uma base de óleo Parafina e PurCellin Oil, vitaminas A e E, extratos de óleo de camomila, lavanda, alecrim e calêndula. Aqui falo do meu caso específico – pele oleosa – mas ele é indicado para todos os tipos de pele, sendo que também ajuda a melhorar a aparência de cicatrizes, estrias, tons de pele irregulares e sinais de envelhecimento.

Outro ponto positivo, a durabilidade. Bastam duas gotinhas, a absorção confirmo que é imediata, deixa zero brilhos, apenas luminosidade. Para além disso este é um produto não testado em animais e nenhum dos ingredientes é de origem animal.

Agora contem-me, já aderiram ao óleos de rosto ou também sentem receio? Experimentem pelo menos uma semana, tenho a certeza que vão mudar de opinião e passar a incluí-lo na vossa rotina diária.

 

Este post foi escrito em parceria com a Bio-Oil e a minha opinião é imparcial e sincera.

Article Tags :
Posts relacionados

9 Comentários neste post

  1. miriam diz:

    eu uso, principalmente à noite assim nas rugas de expressão mais vincadas. adoro! =) ah, e não uso maquilhagem e a pele não fica nada com aspecto gorduroso.

  2. Mafalda diz:

    Andreia aplica em todo o rosto?
    Eu uso água micelar de manhã e depois aplico o creme de rosto. Coloco entre estes dois produtos?
    Obrigada 🙂

    • Andreia Calisto diz:

      Olá Mafalda, eu aplico depois do creme de dia e antes da maquilhagem. Duas gotinhas nas mãos e espalho com os dedos sobre o rosto. Ele absorve super rápido e a pele fica logo luminosa. 🙂

  3. Sara diz:

    Conheço algumas pessoas que usam mas tenho tanto receio… Tenho a pele oleosa e receio que se acrescentar óleo vá piorar… Mas talvez experimente! 🙂 Aplicas como (algodão, …)? Obrigada

    • Andreia Calisto diz:

      Tal como a Sara também experimentei a receio, mas o segredo é mesmo aplicar só duas a três gotinhas – é o suficiente. Aplico directamente com as mãos. 🙂 Beijinho

  4. Teresa Carvalho diz:

    Onde é que posso encontrar entre produto à venda? Obrigada 🙂

  5. É dos meus óleos favortios. Porém nunca experimentei na cara, porque como tu tenho-a oleosa. Deixaste-me muito curiosa e vou experimentar esta semana. Tenho é receio do aparecimento de borbulhas… hihih estes medos de acrescentar produtos novos à nossa rotina 🙂

  6. Little Stiches Portugal diz:

    Eu já aderi e estou rendida 🙂
    Comprei esse óleo, por curiosidade, e agora já não passo sem ele.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *